segunda-feira, 20 de novembro de 2006

DE REPENTE



DE REPENTE
NÃO MAIS QUE DE REPENTE
VI-ME ASSIM
ATADA
PRESA
E INDEFESA
VITIMA DO TEU AMOR
EM CÁRCERE PRIVADO
CORAÇÃO ALGEMADO
DESEJOS DESCONTROLADOS
SONHOS VICIADOS...
DESTE UM GOLPE CERTEIRO
FATAL
DEFINITIVO
TENS-ME AGORA EM CÁRCERE
TOTALMENTE ENTREGE
PROSTADA A TEUS PÉS
MENDIGANDO
IMPLORANDO
CONCLEMANDO TUA CLEMÊNÇIA
E MINUTOS DE TUA ATÊNÇÃO
UM AFAGO
UM BEIJO
E,TEU OLHAR CHEIO DE DESEJO!
EIS-ME AQUI
UMA VITIMA INDEFESA DO AMOR
ALGEMADA DA ALMA...
AO CORAÇÃO!!!

Nenhum comentário:

**A MINHA MÚSICA**



ñ