sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

SE ALGUM DIA...


Se algum dia Amar como eu Amei,
Não chore como eu chorei,pois a vida muda,
Assim como eu também mudei…
Mesmo porque as únicas pessoas que merecem
Suas lágrimas,jamais te fariam chorar…



sábado, 23 de fevereiro de 2008

SONHO

PENSSAR...
SENTIR...
FALAR...
QUERER...
DIZER O TEMPO,TUDO CURA!
O TEMPO,SENHOR DA VIDA,TUDO SABE.
TUDO RESOLVE, TUDO ENSINA..
O TEMPO NOS FAZ CONHEÇER A VERDADE...
O TEMPO???
NÃOOOOOOOOO...
O TEMPO SEM AMOR NADA FAZ!
O AMOR...
TUDO CURA,TUDO SABE,TUDO PERDOA,
O AMOR,DOM MAIOR DA HUMANIDADE PEDRA RARA,
QUAL FOGO,QUE QUEIMA,ASSA,
DESTRÓI,ARRASA,ALIMENTA, SAÇIA,MATA,ALIVIA.
O AMOR,QUE ENSINA,QUE FASÇINA,
QUE CURA,ARDE E PARTE QUE RESOLVE,CORRIGE E ESTRAGA, AMOR...
SEMPRE...
AMOR...



domingo, 17 de fevereiro de 2008

EU E O VENTO

NESTE MOMENTO
PENSO EM TI E ENTÃO QUIZERA
TRANSFORMAR-ME EM VENTO...

E SE ASSIM FOSSE,
CHEGARIA AGORA COMO UMA BRISA FRESCA,
E TOCARIA LEVE A TUA JANELA.

E SE TU ME ESCUTAS,
E ME PERMITES ENTRAR,
EM TI ME VOU ENROSCAR,
QUASE SEM TE TOCAR.

VOU ROÇAR NOS TEUS CABELOS,
SOPRAR DE LEVEZINHO NO TEU OUVIDO,
BEIJAR A TUA BOCA MAÇIA,
TE EMBALAR NO MEU CARINHO.

MAS COMO EU NÃO SOU O VENTO...
AGORA SOU SÓ PENSAMENTO,
E ESTOU...PENSANDO EM TI...

E SE ABRIRES A TUA JANELA...
EU ESTOU CHEGANDO AÍ, AGORA...
NESTE MOMENTO,
EM PENSAMENTO...NO VENTO!

sábado, 9 de fevereiro de 2008

AMORES NOTURNOS

É NO SILÊNÇIO DA NOITE...
QUE ENCONTRO O MEU REFUGIO.
É NO SILÊNÇIO DA NOITE...
QUE ME VEJO COMO SOU.
NA NOITE E NO SILÊNÇIO QUE SE FAZ,
FALO COMIGO E COM MEUS AMORES.
RELEMBRO COM DESDEM O PASSADO.
E ALMEJO ANSIOSAMENTE O FUTURO.
É NA NOITE FRIA E SERENA,
QUE OS ANJOS SOSSEGAM MEU CORAÇÃO,
INQUIETO E ARDENTE POR NOVAS EMOÇÕES.
NEM ELE MESMO INDOLENTE,
COMO É,SABE LIDAR.
É ASSIM QUE EU E A NOITE,
NO SILÊNÇIO NOS AMAMOS.
ELA ACALENTA A PAZ DO MEU
PEQUENO CORAÇÃO.
E EU ME RENDO AOS SEUS AFAGOS E APELOS,
PARA NO SILÊNÇIO DO MEU QUARTO
CONQUISTAR ...A PAZ.




terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

CARNAVAL

FELIZ CARNAVAL A TODOS
DIVIRTAM-SE
BEIJINHOS


**A MINHA MÚSICA**



ñ